Humanismo e crítica democrática

Said, Edward W.
COMPANHIA DAS LETRAS

54,90

Indisponível

Humanismo e crítica democrática reúne cinco dos últimos ensaios escritos por Edward W. Said, apresentados pela primeira vez em forma de conferências na Universidade Columbia e na Universidade de Cambridge. Nos dois primeiros textos, "A esfera do huma nismo" e "As mudanças nas bases do estudo e prática humanistas", o autor propõe meios de conjugar humanismo e cidadania participativa, pois julga impossível pensar a atividade intelectual longe desse horizonte, ao qual dedicou parte expressiva de sua carreira. Na seqüência estão dois ensaios empenhados na defesa de uma atenção meticulosa à forma artística. Em "O regresso à filologia" e "Introdução a Mimesis, de Erich Auerbach", Said sustenta a necessidade da leitura atenta e paciente, em seu en tender o único caminho para a compreensão humanística na verdadeira acepção do termo. Encerra o livro o texto "O papel público dos escritores e intelectuais", em que o autor atribui ao humanista contemporâneo a missão de apresentar narrativas alterna tivas às oferecidas em nome de noções como "memória oficial" e "identidade nacional". Na visão de Said, mais do que entrar em conflito, as culturas coexistem e interagem proveitosamente umas com as outras. Longe da busca por ideais de pureza e essên cia, é preciso defender as combinações, a diversidade, o diálogo entre as civilizações. Nos termos do próprio autor, é para essa idéia da cultura humanística que o livro tem a intenção de contribuir. "Apologia apaixonada de uma prática humanista cos mopolita, espirituosa e rigorosamente inquisitiva". - Laura Ciolkowski, New York Times Book Review