Horizonte ampliado: Design moderno brasileiro

Jayme; Teixeira, Ruy
OLHARES

340,00

Estoque: 33

Livro de autoria do historiador Jayme Vargas e do fotógrafo Ruy Teixeira reúne galerias e coleções nacionais e internacionais para traçar um panorama da recente valorização da produção moderna brasileira de móveis Com textos e ensaios fotográficos sobre 31 coleções e galerias dedicadas ao design moderno brasileiro, o livro Horizonte ampliado – design moderno brasileiro coloca em evidência o modo como este patrimônio material é percebido hoje. Uma percepção que foi sedimentada no decorrer das d écadas que se passaram, desde seu período originário, e que identifica essa produção como parte essencial das trajetórias modernizantes do Brasil do século XX. Suas páginas revelam ainda o amadurecimento dos entornos que permeiam o móvel moderno bras ileiro na atualidade, como demonstram a alta qualificação e a visão histórica presentes nos acervos de colecionadores e galeristas retratados na obra. Além das principais galerias brasileiras especializadas e da parceria com a Associação Mobiliário e Design Moderno Brasileiro, que representa parte delas, o livro conta também com a participação de importantes casas estrangeiras que trabalham com o móvel brasileiro, refletindo a inserção internacional do tema. Ao reunir e apresentar de forma para lela esses pontos de vista e atuações protagonistas da história recente, a obra demonstra como peças assinadas por nomes que hoje são considerados ícones de nosso design, como Joaquim Tenreiro, Lina Bo Bardi, Sergio Rodrigues, José Zanine Caldas e Jo rge Zalszupin, experimentaram, ao longo das últimas duas décadas, a consolidação de seu reconhecimento e uma valorização exponencial. Entre os participantes, são contadas dez galerias nacionais, instaladas em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizont e, algumas delas também voltadas para o mercado externo, e seis internacionais, em Milão, Nova York, Paris, Londres, Los Angeles, Zurich e Miami. A revisão de suas trajetórias desvenda a dinâmica redescoberta do móvel moderno brasileiro, além de como se adaptaram à ampliação do mercado e à consequente necessidade de aprofundar os conhecimentos disponíveis sobre o tema, em geral agregando pesquisa empírica e promoção cultural à atividade comercial. O livro retrata também 15 coleções e os diálogos com elas serve à exploração das facetas do colecionismo contemporâneo de design, um aspecto relevante em seu contexto atual.