Lava jato: Aprendizado institucional e ação estratégica na justiça

Rodrigues, Fabiana Alves
WMF MARTINS FONTES

49,90

Sob encomenda
11 dias


A Operação Lava Jato ganhou tamanha força e legitimidade na sociedade que dificilmente se nega sua influência em diversas esferas da vida política. Compreender como foi possível uma operação desse porte produzir resultados tão relevantes não é tarefa fácil. Este livro busca contribuir para esse debate, ao abordar a Operação Lava Jato sob o olhar da Ciência Política para compreender como foi possível o amplo alcance de seus resultados. A partir de uma abordagem com enfoque institucionalista e u ma investigação densa, porém limitada à Justiça Federal, o argumento central do livro é que a Lava Jato decorre da conjugação de dois fatores: de um lado, um processo incremental de aprimoramento institucional do sistema de justiça criminal, e de out ro o voluntarismo e a ação estratégica dos atores envolvidos com o combate à corrupção política. A primeira parte do texto apresenta uma fotografia detalhada do processo de construção do desenho institucional anticorrupção, o que oferece um conteúdo de interesse para diversas abordagens sobre o estudo da corrupção (e de seu combate) no país. Além disso, essa parte do trabalho mostra que a Lava Jato não é um fenômeno repentino, pois seus atores se sustentam numa estrutura que vem sendo alicerçada há anos. A segunda parte desenvolve o argumento do voluntarismo a partir de uma análise comparativa densa de três núcleos da Lava Jato (Curitiba/Rio de Janeiro/Brasília), com dados detalhados que não constam nos trabalhos já publicados sobre a opera ção. Destacam-se dessa análise as evidências da atuação do Judiciário na gestão cirúrgica e seletiva do tempo de tramitação dos casos e na escolha dos que foram priorizados, além das estratégias associadas ao uso conjugado de prisão preventiva e cola boração premiada.